Tribunal de Contas aponta irregularidades em contrato entre prefeitura e empresa para construção do CEC

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo encaminhou à Câmara de Vereadores e à Prefeitura de Salto, o parecer do julgamento realizado no último dia 30, que julgou irregular o contrato estabelecido entre a Prefeitura de Salto e a empresa Ypê Engenharia Ltda, durante o ano de 2012, para a construção do Centro de Educação e Cultura (CEC), o qual contempla hoje a Sala Palma de Ouro, Sala Paulo Freire e também abriga a Secretaria de Educação.

Dentre as irregularidades apontadas estão o aumento no prazo de conclusão da obra e o acréscimo de mais de R$ 2 milhões no valor total da obra.

Veja reportagem completa na edição desta sexta.